O Setembro Amarelo foi instituído nacionalmente mediante os elevados índices de tentativas e consumação de suicídios no Brasil, seguindo a realidade mundial. Alertar e esclarecer a população sobre o que você, eu, nós, enquanto comunidade e humanidade, podemos fazer para auxiliar quem esteja em sofrimento, é fundamental.

Sentimentos suicidas surgem quando alguém não acredita mais que sua vida tem sentido ou vale a pena ser vivida. Diferentemente do que muitos pensam, em grande parte das vezes, não há o desejo de morte ou de desistência da vida, mas sim de alívio, de encontrar uma saída à dor avassaladora experimentada nas configurações que sua vida tomou.

Podemos dizer que é a vivência de uma impotência muito grande, com proporcional desesperança, diante de fatos ou situações difíceis de diferentes ordens, sejam eles concretos ou não, mas reais para quem os experimenta.

O suicídio relaciona-se com o entendimento de que se está só para lidar com as dificuldades; de que não há alguém que possa compreender ou dividir a dor excruciante, mesmo havendo.

Não é covardia, egoísmo ou heroísmo, é simplesmente a única alternativa percebida por alguém em sofrimento profundo e, portanto, com seu juízo crítico, percepção, sentimentos, pensamentos e comportamentos confusos.

Estigmatizar, calar ou negligenciar tal dor afasta-nos da possibilidade de devolver a vida a alguém. Afastamo-nos por receio da nossa própria fragilidade e assim reforçamos o estigma.

Aproximar-se do sofrimento do outro permite mais do que empatia, permite compaixão, ou seja, a capacidade de fazermos a diferença na e pela vida de alguém. Escutar sem julgamentos, validando as emoções e mostrando-se disponível, pode ser o caminho para o encontro de novas possibilidades e busca de ajuda profissional.

Entender a dor, as insatisfações e seus porquês, exercício que normalmente fazemos quando nos deparamos com a dor ou doença física, é o caminho mais adequado também se quisermos diminuir a dor emocional e promover saúde mental.

 

Daniela de A. H. Munhoz

CRP: 07/07767